Quem Somos

Published by 1485525 on

Vídeo de apresentação ao STEAM4Girls


Somos o STEAM4Girls, um projeto de robótica para meninas do IFG Goiânia para as escolas públicas da região.

equipe steam4girls

O coordenador do projeto, professor Carlos Roberto da Silveira Júnior, alunas do Câmpus Goiânia e as estudantes e professora das escolas municipais onde o projeto é realizado.

Nossa história

O projeto surgiu da iniciativa do professor Carlos Silveira ao notar que, em 2018, durante a realização de um projeto de Robótica Educacional direcionado a escolas públicas, dos grupos formados para as oficinas, as meninas tinham receio de participar e não assumiram protagonismo.

Com isso, foi pensado em um projeto de robótica e tecnologia só para meninas, para que não fiquem com medo de mostrar seu potencial, que sejam incentivadas e possam ver que essas áreas também são para garotas!

logoquadrada

E assim surgiu o: STEAM4Girls

Quem saber o que significa a sigla STEAM? Confira o nosso post Você sabia que…

Em 2019 ocorreu a primeira edição do projeto na escola municipal Dalísia Elizabeth Martins Doles, a partir de então o projeto vem ganhando força para que cada vez mais meninas sejam incentivadas ao mundo STEAM.

É só colocar a “mão na massa”

O projeto utiliza oficinas para ensinar às meninas conceitos de robótica, programação, lógica e entre outros assuntos da tecnologia. Então é aprender com a mão na massa, o que torna o ensino lúdico e divertido!

Além disso, é utilizado um conceito bem importante, o da interdisciplinaridade, em que, para as explicações de robótica são usados conceitos e exemplos de matemática, física, química, biologia, e outras matérias, para que possam conectar os novos conhecimentos com o que é visto na escola.

4_11_2019_Steam_4_Girls (20)_capa_interno

Oficina do projeto STEAM4Girls na Escola Municipal João Braz, em Goiânia.

De meninas para meninas

Além disso, o projeto é dirigido por meninas estudantes do IFG Goiânia, e pela professora de matemática da Escola Municipal João Braz, Giovana Fernandes da Costa, para que as alunas participantes tenham exemplos reais de garotas em áreas STEAM, e que possam se sentir motivadas.

A estudante de Engenharia de Controle e Automação, Amanda Beatriz Fernandes, é uma das alunas do Câmpus atuantes no projeto de extensão.

A estudante de Engenharia de Controle e Automação, Amanda Beatriz Fernandes, é uma das alunas do Câmpus atuantes no projeto de extensão.

Quer conhecer mais sobre o projeto? Acompanhe nossos posts e fique por dentro!


1485525

Professor do Instituto Federal de Goiás, Campus Goiânia

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *